Chuvas de verão (e suas tempestades!)

Mc.4.37 – Ec.7.14

Falamos do verão semana passada e de como você tem duas opções (como cristão) quando sai ao sol:  se queimar ou brilhar. Lembrando que não temos luz própria, mas refletimos a luz do Sol da justiça. O sol é o lado do verão desejado e idolatrado. Mas ele sempre traz consigo a chuva, graças ao Criador tão sábio. Não poderíamos suportá-lo só com o sol, mesmo sendo tudo o que queremos. Sai de casa, com minha esposa na garupa da Honda XLR250, no início de Janeiro, possivelmente em 1992, início das férias curtas, em direção à praia, sonhando com o sol do verão. No meio do caminho outro elemento que compõe o verão nos alcançou e nos acompanhou até a praia e durante toda a viagem. Que companhia refrescante. Para complicar um pouco mais a moto furou um pneu no meio do caminho, na chuva.

“Deus, por que você permite isso com seu servo?” Em algum lugar em minha alma eu perguntei. Fiz com o salmista no Salmo 73, quando vi motos mais novas que a minha, passando sem serem incomodadas pelos “pregos endemoninhados” que furavam nosso pneu naquele dia “amaldiçoado” pela chuva. Será que se Deus estivesse conosco não teríamos tido o desprazer da chuva nem do pneu furado? Mas Jesus estava no Barco quando os discípulos tiveram sua tempestade de verão. Embora as circunstâncias parecessem difíceis de suportar, eles não estavam sozinhos: “Jesus estava na popa, dormindo, com a cabeça sobre um travesseiro”. (v.38). ter Jesus ao lado, não significa que seu barco não será balançado pelas tempestades, afinal, é verão! Não significa que sua viagem de moto para a praia de moto, não será afetada pelos pregos ou buracos na estrada, significa apenas que não afundará seu barco e sua moto não perderá o controle para fora da estrada. A presença dEle faz toda a diferença. Aliás, qualquer presença faz alguma diferença: um amigo, um animal de estimação; uma pessoa mais carente que você cuida pode aumentar sua vida por causa desta responsabilidade, etc.  Você não precisa depender de um bichinho, de uma samambaia ou de uma doença: você pode ter Jesus no seu barco. Importa afirmar: os discípulos não passaram dificuldade porque estavam fora da vontade de Deus. Não foi por acaso. Jesus os envia para aquela direção e ele sabia que a tempestade viria. Ele estaria ali com eles. Ela serviria a um proposito maior na vida deles. Ela os prepararia para a tempestade que enfrentariam do outro lado, muito mais forte que esta.

Isto faz pensar. Alguns afirmam que Deus não faz nada de ruim acontecer, porque Ele é bom. Outros afirmam que Ele é tão poderoso que usa o mal e permite coisas ruins para nos ensinar e etc. ai a gente pira: foi ele que me fez enfermo? Foi ele que bloqueou aquela benção que eu tanto esperava?  Como será meu futuro depois desta tempestade? Vou sobreviver? Ele vai me matar aqui? não tenho resposta exata para isso, ma sei que os discipulos gritaram: “Não se te dá que morramos Senhor?” e Ele mandou o vento soprar manso e o mar ficar quieto. lindo isso. Basta saber que “todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus” Rm.8.28. Confie no Senhor, em qualquer lado do seu verão.  

2 Comments
  1. Write more, thats all I have to say. Literally, it seems
    as though you relied on the video to make your point. You clearly know
    what youre talking about, why throw away your intelligence on just posting videos to your site when you
    could be giving us something enlightening to read?

    • ILPN
      jul, 9, 2019

      Hello! Thank you for your observation. We are working to improve our site specially in the part that relates to texts. We are going to improve this point. God bless you.

leave a comment